Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Modelo Embrapii
Início do conteúdo da página

Modelo de Negócios Embrapii

Publicado: Terça, 08 de Março de 2016, 09h51 | Última atualização em Quinta, 10 de Março de 2016, 11h49

Modelo de parceria

Ao compartilhar riscos em projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) com as empresas, o Polo de Inovação Embrapii Ifes facilita ao setor industrial empreender e inovar por meio de parcerias público-privadas. As empresas parceiras podem assim buscar uma maior intensidade tecnológica, potencializando sua força competitiva no setor metalmecânico brasileiro.

 

Para ter acesso aos serviços do Polo, as empresas devem:

1) apresentar um desafio tecnológico em fase pré-competitiva que possa encontrar solução nas competências do Polo

2) dispor de contrapartida financeira mínima ao projeto de PD&I, negociável conforme o porte empresarial


Vantagens da cooperação

- Custeio do projeto de PD&I partilhado com o Polo: acesso a recursos financeiros não-reembolsáveis (subvenção econômica governamental) que reduzem os riscos da inovação.

 - Contrapartida econômica do Polo: acesso aos recursos materiais, à infraestrutura de laboratórios e à capacitação tecnológica dos profissionais do Ifes.

- Equipe multidisciplinar: união das competências profissionais da empresa parceira e do Polo para enfrentar as complexidades técnicas do projeto de PD&I.

- Experiência do Polo em projetos similares: maior viabilidade no desenvolvimento das soluções tecnológicas demandadas.

- Agilidade: aporte de recursos financeiros e início da execução do projeto de PD&I imediatamente após a contratação, facilitada pela fundação de apoio do Ifes, a Facto.

- Sigilo: as informações do projeto de PD&I, bem como know how e segredos industriais são resguardados por acordo de confidencialidade.

- Propriedade intelectual: é garantida à empresa parceira o pleno direito de uso e de exploração da tecnologia desenvolvida, sendo que a titularidade de patentes, desenhos industriais, registros de software, entre outros, e seus direitos conexos são negociáveis e definidos em contrato de partilha com o Polo.

- Desenvolvimento de produtos e processos inovadores: a empresa parceira adquire diferencial competitivo no mercado.

registrado em:
Fim do conteúdo da página